Ainda sobre o Brexit...



Há uma citação de Winston Churchill que Boris Johnson deve conhecer de cor. “O problema do suicídio político é que quem o comete vai continuar a viver para lamentá-lo.” ...

A escassa maioria que votou pela saída da Inglaterra e Gales da UE - sim, os outros países que integram o UK (Escócia e Irlanda do Norte) votaram pela permanência - é constituída, na sua maioria, por uma população sénior que vive no passado e por muitos indivíduos pouco elucidados sobre a importância da UE para o Reino Unido.

Não foi preciso esperar 24 horas para perceber que Boris Johnson não tem ideia do que vai fazer, enquanto os britânicos que votaram pela saída não sabem ainda bem o que festejar.

Por outro lado, Jeremy Corbyn enfrenta a revolta de metade dos membros seu governo-sombra e dos sectores mais moderados, que não querem que seja ele a enfrentar eventuais eleições, depois do fiasco do referendo. Agarra-se ao poder como pode, mas o resultado deste confronto inevitável mergulhará o Labour em profunda convulsão.

"Muitos dos que foram encorajados a votar, alegadamente, pela independência, vão descobrir que, em vez de ganharam liberdade, perderam o emprego”.
Lord Chris Patten

Bom dia...Deus como gosto da Cornualha e detesto ingleses!

Comentários

  1. Soube de uma senhora que votou no brexit, convencida que o bremain iria ganhar. Votou só porque sim, teria de ficar bem com, sei lá, o vizinho do lado. Quando soube do resultado final, quase entrou em pânico.
    Isto demonstra bem a consciência com que a minoria votante se deslocou às urnas.

    O Reino Unido nunca foi convictamente europeísta. No entanto, a 'mama' estava saber-lhes bem. Agora, torcem a orelha mas não deita sangue.

    Gostava de ver o referendo votado por uma considerável maioria. Só por curiosidade.

    Um abraço, Ricardo.

    ResponderEliminar
  2. Um autêntica confusão amigo Ricardo.

    Um beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)

Deus cria a mãe