Mensagens

Vidas...

Imagem
(Metro de Lisboa - Fotografia de minha autoria)

Dorme, que a vida é nada! Dorme, que tudo é vão! Se alguém achou a estrada, Achou-a em confusão, Com a alma enganada.
Não há lugar nem dia Para quem quer achar, Nem paz nem alegria Para quem, por amar, Em quem ama confia.
Melhor entre onde os ramos Tecem docéis sem ser Ficar como ficamos, Sem pensar nem querer, Dando o que nunca damos.
Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

Bom fim de semana !!!

Luz...

Imagem
(Foto tirada no MAAT, Lisboa, 2019)




«Nada mais precioso do que a luz, mas o excesso ofusca.»
Textos Judaicos

Vida...

Imagem
(Trabalho exposto no Mercado dos Lavradores - Funchal A foto é de minha autoria)


«Dois bons princípios de vida: a nossa indiferença e paz perante o que pensam acerca de nós; e, a tranquilidade de nunca termos de julgar ninguém.»
José Luís Nunes Martins 

Onde anda o Outono?

Imagem
Temperartura: 26º , Humidade: 64% Mês: Novembro, Dia: 09/11
Será este calor normal para a época?
«A proteção do ambiente, a salvaguarda dos recursos e do clima obriga todos os líderes a agirem juntos, no respeito pelo direito e promovendo a solidariedade com as regiões mais necessitadas do mundo.»
Papa Bento XVI
Boa semana para todos!

A nossa janela para o mundo... os olhos!

Imagem
A visão torna o mundo uma janela...
(Foto tirada por mim no Funchal em 4.XI.2019)
Bom fim de semana para todos!

Quem queres ser afinal?

Há os que falam Há os que calam Há os crentes Há os que não crêem
Há os ricos Há os pobres Há os que lutam Há os que desistem
Há os que fazem o bem Há os que semeiam o mal Há os fortes sem o serem Há os fracos sem o parecerem
Mas a vida leva-te a perguntar: Quem queres ser tu, afinal?

RSM, Julho 2019
E assim se ocupam parte das férias de Verão, escrevendo sobre algo que nos vai atormentando a alma!

Uma por dia... será que consigo?

Imagem
Há uns anos, um dos meus "vícios" era o meu blog, gostava de postar, de partilhar as minhas experiências, as minhas ideias (mais ou menos convencionais), os momentos marcantes da minha vida, porém, fui deixando esse "hábito" e com isso deixando morrer o blog e a minha partilha.
Acho que me faz falta o blog, a interacção com os meus amigos "virtuais" - entretanto, muitos tornaram-se reais - a partilha dos bons e dos menos bons momentos, das aventuras a cinco, das viagens, enfim, de tudo o que à minha volta gira e que me apetece partilhar.
Amigos, não prometo nada, mas apetecia-me mesmo voltar à tal "uma por dia" (leia-se postagem) ... será que ainda tenho forças para isso? Com diabo, tenho só 48 anos!
(Frase do último livro de aforismos de José Tolentino Mendonça "Uma beleza que nos pertence")