O Comité Central calado é um poeta...



A reacção do Partido Comunista Português (PCP) aos resultados das eleições presidenciais é, no mínimo, vergonhosa. Desde logo, porque Edgar Silva não o merece - embora não comungue das suas ideias políticas, aliás, estou nos antípodas das mesmas - reconheço o seu importante trabalho em prol da comunidade, particularmente, a madeirense.

Edgar Silva não tem culpa do PCP não o ter dado a conhecer à opinião pública nacional, talvez por andar o mesmo PCP "distraído" a redigir o Caderno de Encargos para o 21º Governo Constitucional liderado pelo Camarada Costa.


Por outro lado, como é seu hábito, o PCP menorizou Marisa Matias ao afirmar que a mesma tinha tido a votação que teve 10,2% porque era uma mulher bonita e foi por isso que, repito, 10,2% dos votantes a preferiram em detrimento de Edgar Silva. Que falta de respeito para com as mulheres portuguesas teve o PCP!!!

Que falta de respeito com os eleitores que votaram em Marisa Matias tem esse baluarte da democracia que é o PCP!!!
Jerónimo de Sousa - ou que lhe escreveu o discurso de derrota/vitória - devia levar com um toalha molhada nas "trombas" só por esta alarvidade que disse.

O PCP, no ridículo do costume, não (pre)viu que valia pouco e que os portugueses estão fartos daquela forma de fazer política, sempre contra o mundo, sem procurar "pontes", sempre contra qualquer coisa.

Resta afirmar que aqueles 52% que votaram em Marcelo Rebelo de Sousa não são mentecaptos, exerceram o seu dever de votar (livremente) em quem acham ser o melhores candidato fosse ele bonito ou feio, gordo ou magro, velho ou novo, homem ou mulher, chamasse-se Marcelo ou Marisa, Vitorino ou Maria de Belém.

Mais uma vez o PCP perdeu uma oportunidade de ouro para estar...calado.


Comentários

  1. Uma reacção canalha, Ricardo.
    Como é que esta malta se vai entender naquela arranjinho pós-eleitoral??
    Acredito tanto nessa possibilidade como na existência do Pai Natal!!
    Aquele abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)

Deus cria a mãe