Não é tempo para experiências...

Há quem considere que as vitórias, como as hegemonias políticas, dão a sensação de que tudo é fácil E que tudo, na política, corre mecanicamente, igual a acender-se ou apagar-se um interruptor. Não é.

A crise a que se assiste em Portugal prova isso. O caminho é claro, pelo menos para mim, Cavaco Silva deve convidar Passos Coelho, vencedor das eleições, a formar Governo. Se, por obra dos deuses, o programa não passar no Parlamento, Cavaco deverá pensar numa solução alternativaque, eventualmente, deverá passar por um governo de nomeação presidencial.

Entretanto, Jorge Lacão saliva por poder que até mete dó.

Bom fim de semana a todos.

Comentários

  1. Espero bem que não se chegue a governos de iniciativa presidencial, Ricardo.
    Qual é que deu bons resultados nestes 40 anos???
    Lacão faz parte de uma camarilha que viu em António Costa um trampolim para o retorno ao poder do qual há muito andam afastados.
    Costa sabe isso, sabe que está a ser usado.
    Mas não só permite como até gosta.

    Aquele abraço, boa semana para si e as suas princesas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...