O surrealismo nacional...


Surreal é assistir a um "debate" entre Dupont (Jerónimo do PCP) e Dupond (Catarina do BE) para as Legislativas 2015...

Mas, ainda pior é assistir ao "comentário avalizado" de João Rendeiro (sim, o mesmo que deu cabo do BPP e deixou a apitar centenas de clientes), na TVI 24, sobre a venda do Novo Banco.

O problema de muita da política nacional actual é que é impossível de levar a sério: as suas piadas já não causam riso ou, mesmo, uma singela gargalhada. Um palhaço profissional chega a uma certa altura em que uma piada está gasta. E muda-a.

Alguns políticos portugueses e não só, da nova e da velha geração não têm capacidade para isso e nem o título de palhaços profissionais podem almejar....

Falta um (longo) mês e dois dias para irmos a votos, mas não para acabarmos com a palhaçada que é a política nacional.

Comentários

  1. Estou muito sem paciência, sempre que aparece um político a discursar, mudo de canal...

    ResponderEliminar
  2. 1 - Qual a diferença entre o PCP e o BE?
    Se bem percebi a grande diferença é que um defende o abandono da moeda única (PCP) e o outro não (um não, mas...).

    2 - João Rendeiro a falar da venda do Novo Banco é o mesmo que a raposa dar conselhos acerca da melhor maneira de guardar as galinhas do galinheiro.

    Não há c& que aguente!!

    Aquele braço, bfds para si e as suas princesas

    ResponderEliminar
  3. Não vi e nem tenciono ver nenhum...subscrevo o que dizes.

    Beijos e um bom fim de semana

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)

Deus cria a mãe