Tiros nos pés...


Este fim de semana, num ensaio sobre a cegueira, pior que o "Lopes" do Porto, só mesmo o Passos Coelho, em Aguiar da Beira, no elogio a Dias Loureiro, que foi um dos principais responsáveis do BPN, e que causou aos contribuintes um prejuízo superior a 4.700 milhões de euros.

Passos Coelho elogiou Dias Loureiro, dizendo que é “um empresário bem-sucedido” que sabe que se “ queremos vencer na vida” “temos de ser exigentes, metódicos", o "nosso" 1º Ministro teima em andar a dar tiros nos pés em vésperas de Legislativas.


É o que temos, infelizmente, para mal dos nossos pecados...

Ó Pedrito assim fica difícil, pá...

Comentários

  1. Bastante infeliz o 'discurso' de Passos Coelho.
    Apesar disso, Marcelo Rebelo de Sousa disse que sim que esteve bem.
    Um abraço com votos de bom fim de semana, Ricardo.

    ResponderEliminar
  2. Dias Loureiro foi colega de curso do meu patrono e futuro associado.
    Desde o primeiro dia, era o tipo então Ministro da Administração Interna, que nos foi dito (a mim e ao outro colega) que Manuel Dias Loureiro era um escroque.
    Nada que fosse novidade para mim.
    Só vinha confirmar o que um familiar da criatura me dissera uns anos antes.
    E que se provou perante o País uns anos depois.
    Apresentar este tipo como exemplo?
    Só se for exemplo do que não se deve fazer.

    P.S. Deixe lá o Lopetegui em paz, Ricardo.
    Afinal o Jorge Jesus veio confirmar que até merecia o tal murro nas trombas - ele nunca se enganou, ele andou a gozar.
    Foi ele que o disse, não fui eu.

    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, começando e acabando pelo P.S., o Lopes e o Jesus são farinha do mesmo saco, porém, o Lopes tem laivos de loucura que não se admitem num treinador do F. C. Porto.

      Aquele abraço

      Eliminar
    2. A diferença é que um Maizena e o outro é .....qual é o nome de uma farinha conhecida em Espanha? :))
      Aquele abraço

      Eliminar

Enviar um comentário

Dixit...