Reflexões de Primavera...


No dia em que também os salários, a exemplo do que querem fazer com as pensões de reforma, dependerem de cálculos económicos pré-determinados, a classe política e os partidos deixam de servir para o que seja. Bastarão uns quantos economistas, os empregados das financeiras e uns quantos operadores de "software".

Será que o eloquente Marco António Costa pensou que se isso fosse aprovado deixava de ser necessário!!!

E tenham V.Exªs um excelente dia de Primavera...

Comentários

  1. Faço força para que seja aprovada uma ideia assim.
    Marcos e afins ... a porta de saída é ali.
    :D

    Boa semana, amigo.

    ResponderEliminar
  2. Não é gajo para pensar tão longe, Ricardo :))
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...