De volta às Reflexões de Primavera...

Pedro Passos Coelho, o nosso primeiro-ministro sem sonhos, em entrevista à SIC,mostrou que a coragem dos portugueses é inútil. 

Isto porque é incapaz de criar um discurso mobilizador, solidário e de esperança no futuro, é um tipo cinzento e sem alma, um subserviente sem rasgo para encontrar outro rumo que não o da austeridade obstinada.

«Matar o sonho é matarmo-nos», escrevia Fernando Pessoa, no "Livro do Desassossego", mas este é um livro que Passos Coelho nunca leu e jamais lerá porque é alguém sem um pingo de cultura e sonho nas veias.

E tenham V.Exªs uma feliz semana de Primavera!

Comentários

  1. Passos Coelho mata-nos o sonho, Ricardo.
    Uma pessoa séria seria incapaz de o fazer.

    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
  2. Olho para ele e lembro-me da entrevista que o pai deu ao Expresso há algum tempo.
    Na qual aconselhava o filho a deixar "aquilo" (sic) e ir embora.
    E lembro essa entrevista porque olho para Passos Coelho e lhe detecto um profundo enfado.
    Está a fazer o frete a alguém?
    Frau Angela??
    Aquele abraço!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)