O congresso do PSD, as ervas daninhas e os favores que não se esquecem...

E quando pensávamos que já tínhamos assistido a tudo eis que nos surpreendem com a versão portuguesa de "The Walking Dead", em pleno Coliseu dos Recreios, o "Dr." Equivalência regressa das terras de Vera Cruz para animar o Carnaval nacional e, em menos de um fósforo, descredibilizar na totalidade a réstia de honradez que sobrava ao PSD.

Pedro Passos Coelho ofereceu a Ervas uma prenda de casamento (atrasada) com juros, e desfez, por completo, a possibilidade da Madeira estar, novamente, representada no Parlamento Europeu!

Em Maio, espero uma derrota, como dizia o outro, da serie da Fox «Foi assim que aconteceu», "lendá.....espera, ria", impossibilitando que o mais fervoroso homem de direita explique o que aconteceu e como aconteceu. 

Nota final, para a ausência de uma palavra para os portugueses das ilhas, como comentei, há dias, com um amigo venceu o Congresso a ala mais centralista, elitista, sulista e liberal do PSD, que peço não se confunda com o PPD idealizado por Sá Carneiro. 

Como me custou escrever estas palavras, enquanto homem de direita que me considero, acreditem que é verdade.

Comentários

  1. Eu não sendo de direita, centro e esquerda, mas sim em algo que una todos em prol de uma nação...talvez mais próximo dos tais ideais de Sá Carneiro que os idiotas do PSD querem comparar com o incomparável.

    Pois é Ricardo, eu não tive pachorra para ouvir e ver tanta hipócrisia, tanto vedetismo, tantos fantoches mas quando li que Relvas tinha voltado até cairam-me ... o que não tenho de todo.. Estes sociais democratas são todos a favor do cpital e o povo passa a meros números de preferência descartáveis. Claro que há gente credível...mas são poucos.

    Não me interessa quem venceu...sei apenas que não é com esta receita dura e cego que chegaremos a bom porto e pior do que isso...é que nem ao centro e muito menos à esquerda vejo "barcos" que nos possam tirar da lama.

    Deitar abaixo e empobrecer um país é fácil...pior vai ser recuperá-lo.

    Força e não desanimes pá...há que continuar a acreditar...acreditarmos seja lá quem vier...mas que seja desta vez por votos em consciência e não a troco de bandeirinhas, fogões, cheques, caravanas de excursões e outros ões.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Uma palavra para os portugueses das Ilhas?
    Isso faria parte de gente educada, com princípios e sem ideias revanchistas.
    Não é o caso, pois não?

    Amigo, o nome de Francisco Sá Carneiro fica mal neste seu texto. Ele não merece ser misturado com esta rapaziada que de 'fixe' nada tem.

    Aquele abraço, Ricardo.

    ResponderEliminar
  3. Hoje foi a minha vez de abordar o tema Relvas, Ricardo.
    Há certas e obediências que têm que se pagar, meu caro.
    O País, como a marcha-atrás com o Badaró a dar aulas de condução, esse fica para depois.
    Aquele abraço!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)