A cara da mediocridade (futebolística)...


As declarações de Vítor Pereira são de uma infelicidade que patenteiam à exaustão aquilo que é, ou seja, UM MEDÍOCRE.

Com efeito, e ressalvando que não vi o jogo, o FC Porto poderá queixar-se de 2/3 erros de arbitragem, mas não poderá queixar-se da inércia (dentro e fora do terreno de jogo) e de ter contratado para esta temporada "artistas de 3ª categoria", gente sem categoria para envergar a camisola de clubes do top 5 português, com excepção do Sporting.





O FC Porto terá que encontrar outros argumentos, que não os de ontem, para justificar a eliminação na Taça, a Liga dos Campeões por um canudo, o Campeonato difícil, enfim, com o discurso "barato" de que o Benfica está sendo "levado ao colo" (o que não é verdade)! 


Deve ser o galo que tem entalado na garganta que o faz falar assim.

Comentários

  1. De facto, o 'casting' de Pinto da Costa foi, está a ser, um 'flop'.

    Há quanto tempo não se vê um FCP jogar com eficácia?

    No jogo de Barcelos, pode o FCP queixar-se de uma arbitragem com erros.
    Mas não é por aí que devem entrar.

    Arrumar a casa, isso sim.

    ResponderEliminar
  2. Futebulêz?
    Outra vez?

    Deixe lá andar, uns a perder outros a ganhar...

    ResponderEliminar
  3. António,

    concordo com o que diz.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Rogério,

    estou com muito trabalho para me debruçar sobre temas, realmente, sérios.

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Voltou o Lucho (para mandar no Vítor Pereira), contraram o "pinheiro", mas este continua lá.
    Será que chega?
    Dúvidas, muitas!!!
    Abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Dixit...

Mensagens populares deste blogue

CARTA ABERTA AO JEROEN DIJLESBOING (ou lá como é...)

Crónica de uma morte anunciada...